O último balanço divulgado pelo Facebook, referente ao segundo semestre de 2016, trouxe a amostragem de um cenário altamente favorável para quem deseja investir em anúncios na rede social.
Mas é necessário estar por dentro de todos os dados para saber como direcionar os seus anúncios e que tipo de mídia utilizar.

Confira alguns pontos do relatório:

– 1.13 Bilhão de pessoas acessam o Facebook TODOS OS DIAS (17% a mais que o ano anterior);
– 1.03 Bilhão de pessoas acessam o Facebook via celular (22% a mais que o ano anterior);
– 1.71 Bilhão de pessoas acessam o Facebook todos os meses (15% a mais que o ano anterior);
– 1.57 Bilhão de pessoas acessam o Facebook via celular todos os meses (20% a mais que o ano anterior);

Interpretando os números elaboramos 3 passos para que você otimize seus anúncios:

1. Invista onde a visibilidade é maior, MOBILE!

Os conteúdos elaborados com um design voltado principalmente para smartphones e tablets tendem a atingir de forma mais constante o público, uma vez que eles consomem os conteúdos em seus dispositivos diversas vezes ao dia e principalmente por meio de apps.
O próprio Facebook já admitiu que cerca de 84% de sua receita com anúncios vêm do mobile, e por isso prioriza o formato.

2. Foque no “tipo” de anúncio, isso faz toda a diferença!

Os vídeos na timeline prendem a atenção do usuário, isso mesmo! Eles são responsáveis pelo significante aumento da permanência do usuário na plataforma, motivo que levou o Facebook investir pesado em conteúdo neste formato.
A maior prova disso é que o conteúdo gravado previamente ou transmitido via Facebook live, obteve maior retorno aos empreendedores que investiram seus esforços para desenvolver projetos nestes moldes, ganhando assim mais visibilidade.

3. Acompanhe os relatórios de desempenho

Para saber se realmente o seu anúncio/campanha está tendo um resultado efetivo é necessário estar de olho nas informações geradas pelo próprio Facebook. Essas métricas devem ser acompanhadas pelo responsável direto, para saber se a continuação de exibição dos conteúdos deve permanecer ou se as ações de marketing devem tomar outro rumo.