O valor da bitcoin continua subindo, e a criptomoeda superou pela primeira vez na história a marca de US$ 3.500.

A valorização da moeda tem relação com a implementação de um novo software chamado SegWit, que desde o começo do mês ampliou a capacidade de transações da bitcoin.

A valorização da moeda tem relação com a implementação de um novo software chamado SegWit, que desde o começo do mês ampliou a capacidade de transações da bitcoin.

Sua adoção não foi simples e gerou um racha na comunidade de bitcoin – a moeda foi dividida em duas, com a criação de um clone chamado bitcoin cash.

Ainda há a expectativa de que a valorização da bitcoin continue. Em julho, analistas do banco Goldman Sachs estimaram que a moeda poderia chegar a valer US$ 3.691 (cerca de R$ 11.600).

Fonte: Olhar Digital