O Facebook anunciou na última quinta-feira, 17, atualizações para combater conteúdos “caça-clique”.

Segundo a rede social, será limitada a propagação de imagens que tentam se passar por vídeos, ao contar com um botão botões falsos de reprodução de vídeo, ou então de vídeos com apenas uma imagem estática.

“Spammers costumam usar botões de reprodução falsos para enganar pessoas e levá-las a clicar em links de sites de baixa qualidade. Da mesma forma, esses spammers também usam imagens estáticas disfarçadas de vídeos para enganar as pessoas, direcionando-as para uma experiência de baixa qualidade”, afirmou a empresa.

Para limitar essas experiências, nas próximas semanas, histórias que apresentem botões falsos de reprodução de vídeo e imagens estáticas disfarçadas de vídeos começarão a perder relevância no ranking do feed de notícias globalmente.

 

Fonte: Olhar Digital